Entre em contato

(61) 3035-8200

(61) 99873-0700

Funcionamento

SEG-QUI • 8h às 18h
SEX • 8h às 17h

Blog Oncotek

Pesquisa no Reino Unido mostra resultados positivos da vacinação contra o HPV

29 de novembro de 2017

Uma pesquisa da Universidade de Aberdeen, no Reino Unido, mostrou que a vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) já vem apresentando resultados positivos. Segundo o estudo, em menos de 10 anos, já foi observado uma diminuição das suspeitas de casos de câncer de colo de útero.

No ano de 2008, foi implementado em algumas escolas da Escócia um programa de vacinação para imunizar meninas de 12 e 13 anos contra o HPV e, entre 2008 e 2010, a prática foi ampliada também para mulheres de até 18 anos.

Antes do esperado, os resultados desta ação já estão sendo benéficos. Nos anos de 2013 e 2014, apenas 758 mulheres entre 20 e 21 anos foram encaminhadas para a realização do exame de colposcopia (usado para investigação de câncer de colo de útero), 41% a menos que nos anos de 2008 e 2009, quando o programa foi iniciado.

A professora da Medicina da Universidade de Aberdeen que liderou o estudo, Maggie Cruickshank, comemora os números.

“Nós achávamos que demoraria pelo menos 20 anos para que pudéssemos ver os benefícios da vacina contra o HPV, mas os dados já mostram uma redução significante da necessidade de colposcopias e tratamentos de lesões pré-malignas, que podem evoluir para o câncer de colo de útero.”

E as boas notícias não param por aí.

“Isso também significa que as mulheres vão poder evitar os incômodos do exame, como dor e sangramento, mas também efeitos negativos a longo prazo, pois existe a suspeita de que mulheres que fazem o tratamento dessas lesões pré-malignas apresentam mais chances de ter parto prematuro”, revela Maggie Cruickshank.

Já a professora Mary Ann Lumsden, vice-presidente sênior do Royal College of Obstetricians and Gynaecologists (RCOG), comenta que encoraja meninas a tomarem a vacina, e a pesquisa só confirma que este é o melhor caminho para prevenir este tipo de câncer.

“O câncer de colo de útero é hoje o segundo tumor mais frequente em mulheres com menos de 35 anos e todos os dias nove casos são diagnosticadas no Reino Unido, mas é uma doença que pode ser facilmente prevenida com programas de vacinação como este.”

Fonte: bbc.in/2zWRyfA

Remodal