Warning: array_merge(): Argument #2 is not an array in /home/oncotek8/public_html/site/wp-includes/load.php on line 63

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/oncotek8/public_html/site/wp-includes/load.php:63) in /home/oncotek8/public_html/site/wp-content/plugins/sg-cachepress/class-sg-cachepress.php on line 311
Vidas que Seguem: história de paciente mostra papel da família no tratamento | Oncotek

Entre em contato

(61) 3035-8200

(61) 99873-0700

Funcionamento

SEG-QUI • 8h às 18h
SEX • 8h às 17h

Blog Oncotek

Vidas que Seguem: história de paciente mostra como o apoio da família é importante no tratamento

22 de dezembro de 2017

O câncer é uma doença que atinge toda a família, nós da Oncotek presenciamos várias dessas histórias diariamente. Por isso, não nos limitamos apenas aos cuidados do paciente, damos também o apoio necessário para quem está enfrentando o momento junto com quem tem a doença. E foi esse o motivo para convidar a paciente Marly Leite para mais um vídeo da série “Vidas que Seguem”.

A servidora pública tem uma história longa com o câncer. Entre diagnósticos, tratamentos e acompanhamento médico frequente, ela não só aprendeu a ter uma postura diferente diante da vida, como também ensinou à sua família, principalmente à filha Amanda, sua companheira nessa jornada.

Em 2002, Marly descobriu um caroço na mama direita ao realizar o autoexame. O diagnóstico foi câncer. Mas quem mais se abalou foi Amanda, quem Marly precisou acalmar e tranquilizar sobre os próximos passos: cirurgia, radioterapia e quimioterapia.

A rotina do tratamento foi fazendo com que a filha Amanda refletisse sobre seu papel nesse momento.

“Se eu pudesse fazer um tratamento a distância ou carregar a doença para ela, eu não pensaria duas vezes, mas eu não posso. O câncer, é ela quem carrega, e a gente tem que fazer o melhor, porque o foco é ela, não eu. E ela começava a se preocupar com a gente e tirava o foco da melhora dela. A gente se assusta, mas estuda, traça o plano e segue em frente”, revela.

Marly entrou em remissão depois de quase dois anos de tratamento e, em 2016, 14 anos após o primeiro diagnóstico, descobriu que estava novamente com câncer de mama. Mesmo sem acreditar que passaria por todo o tratamento de novo, não teve dúvidas de que teria que ser forte, porém, agora com mais apoio ainda da família. E para quem está passando pelo mesmo que ela, Marly não tem dúvidas do que fazer.

“Corre atrás, escolhe um médico de sua confiança e vai à luta, não se entrega!”

Para ilustrar essa história conjunta de superação, nós convidamos a artista Brixx Furtado, que traduziu em imagem essa relação tão inspiradora entre mãe e filha.

Para ver os outros episódios da série “Vidas que Seguem”, acompanhe o nosso blog e se inscreva no nosso Canal do YouTube.

Remodal